POESIAS

VOLTAR

Filhos

Filhos

Filhos são como pássaros
Certo tempo irão voar
Seguindo caminhos ásperos
Não podemos os guiar
Ficamos a soprar os aros
Que eles estão a trilhar
Torcendo para encontrar amparo
Que possa lhes apoiar

Os pássaros voam sem prumo
Os filhos também se vão
Em busca de novos rumos
Não sabemos onde chegarão
Seguem no desaprumo
Aprendendo a lição
Alcançam o suprassumo
E realizados serão

Marlene de S S Autor Marlene de S S MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE