POESIAS

VOLTAR

MUNDO MUTANTE

MUNDO MUTANTE
Ontem levantei sabendo que ia viver.
Chegou a noite fui dormir sabendo que ia descansar.
Fui almoçar sabendo que a fome vou matar.
Voltei ao trabalho para largar mais tarde.
A noite jantei para recuperar as forças.
Terminei o dia cumprindo tudo que era.
Fui dormir para repousar com esperança de acordar.
Levantei para matar mais um dia na batalha da vida.
Assim vou vivendo nessa selva.
Matando um leão por dia.
buscando a sobrevivência a cada instante.
Em um mundo que nunca está constante.
João Alves Lacerda

João C A L Autor João C A L MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE