POESIAS

VOLTAR

CANTIGA DE MEDOS - I

​Olha, eu sempre tive tanto medo,
medo de viver; medo de morrer.
Mas, escuta, é segredo,
nada me amedronta mais do que saber
que você está vulnerável a sofrer.
Um dia ainda hei de enlouquecer!


(Ias Rodriguez, 2017)

Ias Rodriguez Porto Autor Ias Rodriguez Porto MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE