POESIAS

VOLTAR

Desperta-te

A medusa que habita teu ser quer ser livre
Liberta-te da moldura que te aprisiona
A puta do teu interior ama a liberdade
Essa serpente só quer ser livre.

Poeme-se
Desperte-se
Tire-a para dançar

Não te pertence essa solidão
Desfruta-te de se mesma
Liberta-se de si própria
Torna-se aquilo que tu és.

Clériston T da Silva Autor Clériston T da Silva MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE