POESIAS

VOLTAR

Amor unânime

Amor unânime

Sou tudo, mas não sou todos
sou um plural, mas não, individual
me encaixo em tudo, mas não em ''nós''
- ''Isso dói.''
direi, pela milésima vez,
sobre o tocar de sua pele, mas breve esqueço
de todas as mágoas e afeições que me deu
por um simples toque de carinho que me recebeu.
Sobre todo o amor que o mundo é visto
o individual é o mais esplendoroso, por sua forma,
de ser única, unânime e simples,
sem contradições de outros
pois o que é simples e grande
se guarda em nós mesmo
de uma forma modesta, demonstro
- ''Nada é perfeito. Amor''.

João A V Berriel Autor João A V Berriel MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE