POESIAS

VOLTAR

Anjo

Vem anjo, me tira daqui, me livra dessa solidão
Entre ruas busco uma solução
Sem mais esperanças, clamo a ti uma razão
Faz de mim tua morada, reestrutura meu coração

Vem anjo, mostra-me tuas asas
Para que eu voe tão alto quanto a imaginação
Sendo teu amor gracioso, sagaz, benção
É suspeito me salvar dessa prisão

Vem anjo, me guia em tua direção
E a todos os erros que de mim fazem parte, dá o teu perdão
Antes que falte apenas uma fração
Um milésimo para a redenção

Maria Sousa Autor Maria Sousa MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE