POESIAS

VOLTAR

Desamor

Desamor

Não é fácil, ao contrario é como andar sobre as águas. A minha mente pesa, o meu coração dói, o meu corpo sente falta, a minha alma anseia todos os dias pelo afeto de um sorriso verdadeiro.
Vivo num mundo afastado do normal, esse desamor me faz mal.

Por dentro desse meu ser, existir outro ser que clama por amor, por carinho, atenção, e, porque não um cafezinho quente, inteiramente e apenas de um alguém. Quem? Esse é o mistério, também quero sabe.
Vivo em um mundo insano, será esse desamor engano?

Muitas flores já passaram pela minha vida mais nenhuma foi a rosa do meu jardim, aquela para me fazer acordar cedo, antes mesmo do sol, e beijá-la como um beija-flor.
Aquela para aquece-la como o sol e cuida La com amor que se tem a uma joia rara.
Algumas já passaram, mas, é só a primavera acabar, o inverno chegar para elas morrerem.
Vivo em um mundo de mentiras verdadeiras, esse desamor será besteira?
Mas não, nem todas, foram rosas, teve espinhos que machucaram, feriram sem pena o meu coração, talvez esse seja o motivo desse meu desamor.

Maciel Gomes

Maciel Gomes Autor Maciel Gomes MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE