POESIAS

VOLTAR

Dominado

Aquele calor entre corpos
Aquela chama que me ardia
E como garoto me sinto
Sem esconder o que me fez sonho
Aquele toque, e aquele calor
E a delícia de sua boca em mim
E em cada canto do seu corpo
Meu toque te causou arrepio
Ah, que te quero outra vez
Dessa vez toda minha, nua
Entre paredes só nós, sós
Quentes se revirando sem temer
Sem querer amanhã, sem saber dias
Só chamas acesas, e gemidos noturnos
Ah como quero logo todo seu corpo
Quero essa chama arder em mim
Quero ser teu logo, em fogo
E desejando que nunca se acabe
Aquele arrepio que fica
E aquela sensação de que dali
Não sairemos nunca mais.

Douglas L A Campos Autor Douglas L A Campos MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE