POESIAS

VOLTAR

Azul

Logo agora, logo eu percebo que
Tudo agora cai, tudo agora aqui
É como esse céu, esse céu de giz
Azul como céu, esse céu de giz

Eu que nem sou daqui
Era de um lugar onde céu diz
Muito mais que as cores desse lugar
Muito mais que a paz que não existe nesse lugar

So por essa noite
So por mais beijo
Eu só queria que soubesse

Que o sol sempre queima
As asas de cera

E só por essa noite
Há outras estrelas que
Brilham da janela do meu quarto
Mas meu quarto só tem paredes pintadas

Tudo azul e nada
Mais
nada se compara aqui

Ícaro De S E S Autor Ícaro De S E S MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE