POESIAS

VOLTAR

Fugir

Fugir para dentro das ruas
é sentir-me só
distante da vida
sem palavra
sem eco
no exílio

Fugir para dentro de mim
é encontrar-me nos encontros
dos cantos e das fontes
entre as manhãs e as noites

Fugir para dentro das ruas
é esquecer-me nos dias inúteis
é tornar-me desfigurado
entre os figurantes

Fugir para dentro de mim
é libertar-me em gestos crescentes
de amor e memória

Hélio S Pereira Autor Hélio S Pereira MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE