POESIAS

VOLTAR

Sete é perfeito


O que sente, o que vive, o que faz?
Com a solidão, nada te preocupa?
Voluntariamente errôneo vai seguindo
a passos largos, sem destino certo.
Errar é só uma vez, duas ou três?
Mas claro que aprendendo
acelera pra quatro, cinco ou seis.
Vai. Caminha! Tropeça! Cai! Levanta-te!
Pede ajuda, você não vai longe assim.
Não te ajudam? Perdoa, vai pra sete
Setenta vezes sete.
Claro que o falhar do homem é perdoável
Afinal todos pecam,
Mas dizem que quem erra uma, não erra duas.
Engana-se, porque todos se justificam.
Busca a força que ainda em ti, te resta,
Policia tudo a teu redor,
Diligencia tua perfeição pra não passar de sete.
Porque sete é perfeito, assim como queres viver.

Adiel Souza Rocha Autor Adiel Souza Rocha MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE