POESIAS

VOLTAR

Difícil

De fato
Eu não sou um homem fácil
E nem sei se sou difícil
Apenas sou de um gênero
Que nunca sai do armário
Meio metido a otário
Metido a meio de vida
A vida é meio orifício
Por onde eu passo calado
Andando meio de lado
Simulando um artifício
Sou só um, diversos, vários
Mas não sou um homem fácil
E nem sei se sou difícil
Sou apenas espanto
No meio de tanto edifício


Pedro L R Pereira Autor Pedro L R Pereira MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE