POESIAS

VOLTAR

O Choro da Flor

A Maristela C. dos Passos

Caem-lhe pétalas de uma profunda tristeza...
Taciturna a Flor, cheia de dor, toda se inclina
Ante seu desfalecer, o esvaecer de sua beleza.
A Natureza chora pelo arrefecer de sua Menina!

Pétalas murcham, apodrecem e caem...
A Bela Flor tão vivaz se vai descolorindo,
Perdendo o que há de mais lindo. E saem
Lágrimas de si, lhe doendo e abaixo caindo!

A guerra é tão terrível e destruidora!
A fome não menos sede pungente!
E toda essa gente, silente chora...

A violência apavora constantemente!
Há tantos doentes senão já expirados!
Calados pranteiam por ajuda, cansados...

Luca Jordão Autor Luca Jordão MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE