POESIAS

VOLTAR

MEU EU SEM CORES

Eu assim sem cores!
Eu assim no preto e no branco,
Eu com vida e mesmo nela, não vivo.
Meu eu já morreu?
não sei!
Só sei que não vivo a vida de cores
A vida de festas, a vida de amores,
Meu ar rarefeito, meu pensamento um vácuo
Meu eu transparente.
Trancado no escuro, vivendo o lamento.
Meu templo é de lágrimas,
Meu alimento? O sofrimento!
E a dor é vazia
Um sentido não há!
Me perco no tempo
Perdi meu alento,
Vivo sem ter, mesmo tendo,
Apenas sofrendo, não sei se aguento,
A vida sofrendo, não se se aguento,
A vida sem cores,
Do jeito sofrendo,
Acabo morrendo!

RONALDO DA S REIS Autor RONALDO DA S REIS MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE