POESIAS

VOLTAR

origem da pequena flor

origem da pequena flor

Queria que uma pequena flor posse só o que ela é
A pequena beleza da natureza a ser admirada em sua simplicidade
Naquele sinal forte e único em que fomos criados para acreditar
Daí nos obrigam a ser complexos e a ter complexos
Ela deixa de existir para agradar o homem
E passa a agradar a natureza
Passa a ser a perpetuação da espécie
Com seu néctar atrai as abelhas e os pássaros
Desabroxa unicamente para a reprodução
E comprida sua missão
Murchá sem dó
Dos olhos simples e da ilusão sincera
De um homem simples do campo
que não precisa raciocinar
com a matemática da colheita
e com a origem da guerra
Que assim como a flor
tem seu direito humano em desabrochar
E este desabrochar com seu sinal simples e único
Não é para o homem simples
Mas para a origem da guerra

Esdras C de Paiva Autor Esdras C de Paiva MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE