POESIAS

VOLTAR

Minha Alma

Minha Alma

Minha alma é feminina, às vezes masculina
De cantos e encantos, de lágrimas, de páginas...
É de fantasia, de magia, de poesia da mais pura harmonia.
Minha alma é de tristeza, de beleza, de realeza.
De felicidade, de verdade, de amizade.
É de súplica, de música, de sonhos, de rostos risonhos.
Minha alma é bela, é aquarela, é de trabalhos, de retalhos.
É de linho, de carinhos, de longos e curtos caminhos.
Do amanhecer, do entardecer, da noite e dos açoites.
Minha alma é de criança, de esperança, da eterna lembrança.
Do mal dizer, do bem-querer, do desapego e do aconchego.
É de carga, é amarga, é tudo que afaga.
Minha alma é de arte, é baluarte, é estandarte.
É do doce sabor, é da expressão do ator.
É rosa, é verso e prosa, é quimera, é primavera...
É união, é coração e também razão.
Minha alma é de flores, de cores, de pudores, de pavores,
De dores e de amores, ah! De amores, eternamente de amores.
Cristina Rodrigues

Cristina Rodrigues Autor Cristina Rodrigues MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE