POESIAS

VOLTAR

Dois dias após

Dois dias após

Já na madrugada do segundo dia após
nas bordas de um olhar
nublado e chuvoso
às bolhas uma a uma
se multiplicaram
Movimento
cor e brilho
Feitiço
E agora
Aquilo tudo revivido
pela minha visão
luau samba carnaval
inventado de cada suspiro
na lembrança desejosa
dançava
Aquilo ajuntado foi e veio
No realce bem acabado
acordado decorado
dividido em sílabas métricas
alinhado tocado
como cordel em rimas ricas
feito no brilho da lua
quase parindo um dia

Lina Ramos.

Lina Ramos Autor Lina Ramos MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE