POESIAS

VOLTAR

Renúncias

Renúncias

Lidar consigo mesmo é uma tarefa que poucos desempenham com facilidade;
porque é pra si as renuncias, o apego, o modo pegajoso de agarrar as revoltas...
Dizer não para alguém que você pensa conhecer, não é fácil.
Eu brigo ainda comigo mesma, nessa busca:
quero uma autonomia nos modos, nos atos, mas a insegurança predomina, ainda, depois de tantas idas e vindas nós passos.
Sou a criança do jardim de infância tão claramente citado, mas pouco entendido por minhas indecisas ideias.
Sou assim, tenho certeza... Tenho mais certeza ainda que terei até o meu último dia, para inventariar esta decisão.

Lina Ramos.

Lina Ramos Autor Lina Ramos MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE